Nivelamento Força Nacional e Curso de GTOP

Nivelamento Força Nacional e Curso de GTOP

21 abr, 2013

Nesta semana saiu o informativo sobre as inscrições para o nivelamento para servir à Força Nacional, apontando vários pré-requisitos para o curso, números para o Teste de Aptidão Física, além de outras informações inerentes ao curso e o que me chamou a atenção foi a duração do curso: 3 semanas.  Após este nivelamento o policial o policial pode ser enviado para o Rio de Janeiro, São Paulo, Acre, Pará ou Pernambuco, estados diversos com necessidades e marginais de todas as formas.

ctop

CTOP

Agora sem desmerecer nosso curso (CTOP), porque ele tem 33 dias letivos? Isso contando que os policiais entram antes das 7 da manhã e saem quase todos os dias de curso depois das 22. O que dá quase 45 dias de curso. O que aprendemos em um CTOP é tanto mais assim do que os policiais que fazem o curso da Força Nacional? Ou os instrutores da Força Nacional são tão mais eficientes que os nossos? Acho que não. O que ocorre são resquícios de velhas tradições.

 Somos uma policia nova, e ainda estamos retirando antigos conceitos de nossa PMDF, e um deles é de que curso bom é curso longo. Temos que ser mais profissionais. Um curso de GTOP tem que ter como pilares dois elementos básicos para o radiopatrulhamento tático: ABORDAGENS E TIROS, o resto é resto, não que não sejam importantes, mas já somos policiais e trabalhamos nas ruas, já sabemos o que é ou não é ilegal. Não entramos agora na PM.

Quando mais conciso e ágil melhor para o policial, para seus familiares, para a PMDF que não fica tanto tempo sem seus PAPA MIKES, e principalmente para a sociedade que não perde policiais por tanto tempo. Estamos passando por uma fase na PM que poucos se interessam por cursos internos, mas isso ocorre não porque são desinteressados pela profissão ou em se especializar, mas porque curso hoje na PMDF só trás ao profissional um pensamento: RALA, e não querer ser ralado não quer dizer que seja muxiba, quer dizer que o policial já passou da idade de brincadeirinhas de quartel.

NIVELAMENTO FORÇA NACIONAL

NIVELAMENTO FORÇA NACIONAL

Vamos ser mais POLICIAIS e menos MILITARES. Mil, dois mil, três mil tiros, simulações de abordagens, abordagens em veículos, a pé, a ônibus, princípios de segurança. Isso é um curso. E tem outra; quem gosta de dar banho de mangueira nos outros que dê nos pebas perto de sua casa e não em policiais que estão em cursos para aprender e não para brincadeiras deste tipo.

8 comments

  1. enfia o raio no .. seu raio sempre estará lá.

  2. Verdade é que a maioria dos policiais não quer sair da sua zona de conforto. Não estou dizendo que não vão pegar “ladrão” nunca, mas a efetividade de suas ações não será a mesma de alguém capacitado para tal. Meus caros colegas, deixem a arrogância de lado e se vocês querem o nosso Raio venham buscar com a cabeça livre de preconceitos ou então fiquem escondidos atrás de suas mesas no expediente e não critiquem quem dá a cara a tapa.

    • COMUNZÃO /

      Caro Rodrigo, quem trabalha nas ruas, ou tomando sol na cara o dia todo, ou na madrugada não está exatamente zona de conforto. E o que é pior, desenrolando ocorrência com guarnições a 2. O questionamento quanto à postagem é quanto à duração e falta de profissionalismo. Alguns policiais acham que ter o “RAIO” é ser melhor que os outros ou mais tático, e nisso não existe. Quem faz o curso faz uma reciclagem, dá tiros e pratica abordagens, mas longe de se considerar melhor que os outros. Muitos policiais que não têm o seu RAIO tem dezenas, quem sabe centenas de flagrantes a mais do que vc. E outra colega, as vezes quem está atrás de uma mesa de expediente já deu muito sangue atrás de marginal e não está escondido, e sim trabalhando lá, ou na sua unidade não existe expediente. A propósito: eu também sou de um GTOP e vou um dia buscar seu RAIO com a cabeça livre de preconceitos.

  3. Companheiro, há uma informação equivocada: não há contingente de Força Nacional em São Paulo tampouco Pernambuco. Até o momento só existe previsão de ida da FN para estes Estados nos eventos esportivos previstos para este ano e no ano que vem. Em Pernambuco, por exemplo, nunca houve a necessidade de envio da tropa, o mesmo não posso dizer no caso do DF. Já em relação ao Pará e Acre, são missões específicas, não necessariamente de radiopatrulhamento.

    • Pires da Rocha

      Olá Jules, obrigado por acompanhar o site, o que disse no texto é que o nivelamento capacita o policial e que ele PODE SER enviado a vários estados brasileiros, inclusive os que listei na postagem. É uma analogia com nosso curso de GTOP aqui no DF que possui quase o dobro de carga horária ( um tempo desperdiçado com brincadeiras e mal planejamento).
      Grande abraço

  4. COMUNZÃO /

    KKKKK, até parece que todo mundo quer ser “raiado”. Acorda irmão! Todo mundo quer é pegar bandido! Se tem raiozinho ou não é coisa de vaidade de quem não se garante! KKKK é cada um!

    • zero4

      Não desprezo aqueles que por alguma razão já deram seu sangue, seu tempo para cursos de formação. Vemos tempo todo policial se precipitando, inclusive com cursos. Cada um encontra seu motivo pra fazer ou deixar de fazer.

      Acredito que muitos tem sim o direito de buscar qualificações profissionais. O conhecimento ninguém tira da gente, podem rancar suas divisas, estrelas, trocar sua farda, mas o conhecimento é seu.

      Agora o que também acredito é que nos Editais citados acima o “nivelamento” da FN virá como uma instrução mais simples, sem caráter de CURSO, com menor quantidade de horas/aula e tiros. O policial não poderá achar que fez um curso.

      O CTOP é sim um curso que, quem sabe num futuro mais inteligente, será relevante até em questões salariais, quem tem ou quem não tem. Como um CAP ou CAEP na PMDF.

      Cada um com seu cada um.

  5. Essa porra mesmo /

    Papo de comum querendo ser raiado. Nunca será!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


+ 7 = dez

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Follow

Get every new post on this blog delivered to your Inbox.

Join other followers: